Sobre o projeto

Uma foca na cestaO jornalista Gabriel Toueg criou, em julho de 2013, o projeto Um foca na sexta. O projeto surge como forma de otimizar a orientação, antes esparsa e desorganizada, feita por Toueg a estudantes de escolas de jornalismo em que realiza palestras sobre uma série de temas, entre eles o jornalismo internacional, a cobertura de conflitos, a formação profissional e a realidade em redações.

O objetivo do UFNS é permitir que estudantes de jornalismo e colegas graduados recentemente (quem quer que se considere foca!) publiquem textos jornalísticos sobre o mercado de trabalho, a formação acadêmica, os dilemas da profissão, histórias de coberturas, conquistas, desafios e inovações – assuntos do dia a dia do jornalismo.

A ideia central é ser um local para a publicação de textos bem apurados – com pesquisa e fontes -e bem escritos – sob a orientação dedicada dos padrinhos. Com os textos, todos ganham. Os autores (os focas) têm a oportunidade rara de publicar após orientação atenta. Os padrinhos acompanham os focas e têm a chance de atuar ora como editores, ora como tutores. Finalmente, os leitores ganham com as reflexões sobre o fazer jornalismo e sobre o papel do jornalista nos tempos atuais, que registram uma mudança veloz nos hábitos de leitura e de consumo de notícias e uma crise profunda e crescente na mídia tradicional.

Entenda: Qual o objetivo do projeto?

A discussão parte do olhar daqueles que estão na primeira fase da formação, as faculdades e os primeiros contatos com professores e com jornalistas atuantes no mercado, os estágios na imprensa e o primeiro emprego em grandes redações, em organizações ou na academia. O jargão “foca”, cuja origem tem diversas explicações, se refere na literatura aos jornalistas recém-formados. Aqui, o conceito é ampliado também aos estudantes.

Toda semana, sempre às sextas-feiras, um foca inscrito previamente publica um texto. O trabalho anterior é feito entre o participante e o padrinho, que orienta na escolha do tema, do viés da matéria, na escolha de fontes e sugestões de pesquisa. Ao final, o foca comenta a experiência, convidando colegas a também participar. A inscrição, completamente gratuita e sem vínculo empregatício ou caráter competitivo, pode ser feita por estudantes e por jornalistas recém-graduados em faculdades brasileiras e no exterior.

Interaja: Converse com os focas

Participação. O tema dos textos é livre, mas tem uma regra: precisa estar ligado à prática do jornalismo, à formação profissional ou a questões sobre o fazer jornalismo. Após preencher o formulário, o foca recebe um email de confirmação e começa a produção, acompanhado durante todo o processo pelo padrinho. O texto precisa ser finalizado até três semanas antes da publicação. Os melhores textos são também republicados no Brasil Post, versão brasileira do portal The Huffington Post. Tire suas dúvidas.

Leia o depoimento de Toueg sobre Um foca na sexta:

“Criei o projeto para que sirva de plataforma para bons textos, para a reflexão do jornalismo, para que olhemos para os nossos umbigos e reconheçamos nossas falhas e aprendamos com nossos acertos. Para que saibamos, afinal, que o MTb, a carteirinha de jornalista, o crachá funcional etc são armas poderosas – e que, como tal, precisam ser usados com critério, com ética e com decência. Enfim, para que tenhamos a noção e lembremos sempre que o jornalismo não é apenas uma profissão cheia de dramas e de melodias, de glamour e de frustrações, mas que envolve uma enorme responsabilidade”.

SAIBA COMO COLABORAR COM O PROJETO.

Foto (uma foca em uma cesta): agência Associated Press (publicada pelo jornal britânico Telegraph: (“A seal pup named Kalli peers out of a basket in Norddeich, Germany”)

Compartilhe Um foca na sexta com seus amigos e colegas de faculdade usando as ferramentas abaixo! O projeto não faz sentido nenhum sem a participação dos focas

Este projeto é uma iniciativa voluntária do jornalista Gabriel Toueg, sem qualquer vínculo empregatício ou de remuneração ou caráter de competição.

® “UM FOCA NA SEXTA” É MARCA REGISTRADA E A IMAGEM-SÍMBOLO DO PROJETO É PROPRIEDADE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS ASSOCIATED PRESS (AP)

Anúncios

3 comentários

Algo a dizer?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s